O que é Growth Marketing e como sua empresa pode se beneficiar disso?

Se você já está no mercado há algum tempo, provavelmente já ouviu falar do termo Growth Marketing. Como o crescimento parece ótimo, você já deve ter tentado aplicar essa forma de marketing ao seu negócio.

Entretanto, para atingir seu potencial máximo, é importante destrinchar esse termo e entender totalmente como ele funciona.

O que é Growth Marketing?

O Growth Marketing pode ser definido de diversas maneiras. Entre elas:

  • crescer seu negócio de forma consistente para atingir suas metas comerciais;
  • crescer seu negócio além das métricas de topo do funil. Em termos simples, isto significa não apenas receber cliques, likes, gerar ações e estimular compras, mas construir relacionamentos de longo prazo para gerar vendas recorrentes;
  • conduzir constantemente novos clientes à sua marca para aumentar a receita;
  • encontrar maneiras inovadoras de manter os clientes engajados e incentivá-los a promover sua marca.

Em termos simples, Growth Marketing é um método de marketing holístico que traz novos clientes, os envolve de forma consistente e depois os transforma em consumidores de longo prazo e até mesmo promotores de seu negócio.

Quais são as diferenças entre Growth Marketing e Growth Hacking?

O Growth Hacking é um aspecto importante do Growth Marketing. Mas não se trata da estratégia como um todo.

É o marketing orientado à experiência, e envolve testar continuamente seu conteúdo, sua mensagem e o design do site, ou anúncio, para aumentar seu ROI.

Growth Hacking desempenha um papel importante no Growth Marketing porque é necessário tentar novas ofertas e mensagens regularmente para atrair novos clientes e mantê-los envolvidos.

Entretanto, existem algumas diferenças importantes entre o Growth Hacking e o Growth Marketing.

Resultados rápidos vs. resultados de longo prazo

O Growth Hacking se concentra nos resultados imediatos. Enquanto isso, o Growth Marketing aposta no longo prazo. Os profissionais de Growth Marketing sabem que pode levar tempo para que alguns de seus esforços tragam resultados.

Tecnologia vs. relacionamentos pessoais

Os profissionais de Growth Marketing se concentram no reconhecimento da marca. Eles sabem que custa cinco vezes mais trazer um novo cliente do que manter um já existente.

Eles também sabem que 10% de seus principais clientes gastam três vezes mais do que o cliente médio, além do fato de que a conexão emocional aumenta o valor de um cliente quatro vezes mais.

O Growth Marketing, por outro lado, concentra-se unicamente em atingir determinadas metas de vendas, em vez de focar como elas são feitas.

Growth Hacking privilegia o uso da tecnologia para gerar vendas e lucros. Já o Growth Marketing prioriza o desenvolvimento de relações pessoais. A tecnologia é utilizada para este fim, mas apenas como um meio para atingir um objetivo.

Simplificando, você precisa tanto de Growth Hacking quanto de Growth Marketing para ter sucesso.

Como uma estratégia de Growth Marketing deve ser implementada?

Aqui está um passo a passo que pode ajudar você a implementar uma estratégia de Growth Marketing vencedora!

Identifique o seu público-alvo

Você provavelmente tem pessoas de todas as idades e estilos de vida vindo à sua loja para comprar.

Entretanto, se você analisar cuidadosamente sua base de clientes, você identificará alguns grupos de pessoas que têm mais probabilidade de fazer negócios em relação a outros.

Talvez a maioria de seus clientes viva em uma área específica, sejam em sua maioria homens ou mulheres, estejam dentro de uma certa idade ou renda, ou tenham um determinado nível de escolaridade.

Uma vez definido seu público-alvo, é hora de identificar nichos de audiência nesse público-alvo.

Por exemplo, talvez a maioria de seus clientes sejam mulheres. Entre essas mulheres, pode haver mulheres mais velhas, mulheres de meia-idade e mulheres jovens. Cada grupo terá suas próprias necessidades e desejos.

Conheça os clientes em potencial

Uma vez que você tenha um público-alvo, é hora de conhecê-los individualmente. Você poderia fazer isso pesquisando tendências para determinadas características demográficas, mas a melhor maneira de conhecer as pessoas é chegar até elas.

Se você ainda não tem uma grande presença on-line, comece com os clientes em sua loja. Ofereça um desconto ou um brinde em troca de responder a algumas perguntas.

Se você tiver uma presença on-line, continue lendo para saber como encontrar e se comunicar com clientes potenciais de uma forma que provavelmente vá gerar a resposta certa.

Selecione suas plataformas com cuidado

De acordo com estimativas recentes, existem mais de duzentas redes sociais online.

Felizmente, você não precisa de uma plataforma em cada uma delas para atingir seu objetivo demográfico. Você só precisa escolher as que seu público-alvo tem maior probabilidade de usar.

Confira a lista a seguir para determinar quais plataformas são as mais adequadas para seu negócio.

Facebook

O Facebook é, de longe, a maior rede social do mundo.

A maioria de seus usuários acessa a plataforma usando um dispositivo móvel, o que significa que qualquer conteúdo que você carrega no site precisa ser mobile friendly. Quase um terço de seus usuários tem entre 25 e 34 anos de idade.

Twitter

O Twitter tende a ser mais popular entre as pessoas que vivem em cidades, em oposição às áreas rurais.

A maioria dos usuários tem entre 18 e 49 anos de idade. Os homens tendem a usar a plataforma mais do que as mulheres.

YouTube

Adolescentes, adultos e idosos assistem amplamente a vídeos no YouTube. Mais da metade dos espectadores são mulheres, mas o site é muito popular também entre os homens.

Além disso, o YouTube, ao contrário de outras plataformas de mídia social, pode aumentar sua visibilidade no Google e exibir de forma destacada os resultados de vídeo relevantes no mecanismo de busca do Google.

LinkedIn

Como uma rede social profissional, o LinkedIn é a plataforma de escolha para as empresas B2B. As estimativas mostram que 57% dos usuários são homens e 43% são mulheres.

Pinterest

No Pinterest, 71% dos usuários são mulheres. Quase 70% dos usuários têm entre 18 e 49 anos de idade.

A maior parte deles tem um diploma universitário. Além disso, a grande maioria das mães que usam a Internet também usam o Pinterest.

Instagram

O Instagram é semelhante ao Pinterest por natureza, mas tem um público-alvo diferente. A maioria dos usuários tem entre 18 e 34 anos de idade.

Os homens nessa faixa etária tendem a usar o Instagram mais do que as mulheres. Quase um em cada três usuários do Instagram é estudante universitário.

Não podemos abranger todas as redes populares aqui, mas você entendeu a ideia. É importante ter certeza que as plataformas sociais que utiliza são as mesmas utilizadas pelo seu público-alvo. 

É preciso muito tempo e esforço para construir uma plataforma de redes sociais de sucesso. Portanto, escolha seus sites com sabedoria para obter o melhor retorno sobre seu investimento.

Além disso, existem duas plataformas não mencionadas acima que recomendamos altamente a todos os proprietários de negócios. Estas são o E-mail Marketing e um blog da empresa.

A diferença entre essas plataformas e as redes sociais é que você tem o controle total sobre elas. É possível colocar o conteúdo que quiser. Além disso, com o E-mail Marketing, você pode criar conteúdo direcionado para diferentes públicos.

Crie o conteúdo certo

Uma vez que você tenha selecionado seu meio de comunicação, é hora de criar conteúdo vencedor.

Como diz um velho ditado americano, “a variedade é o tempero da vida”. Experimente diferentes tipos de conteúdo para ver o que funciona melhor. Blog posts longos e curtos, artigos, infográficos, white papers, e-books, conteúdo de áudio e vídeo, enfim, todos têm seu lugar.

Analise suas estatísticas para ver qual conteúdo está impulsionando as vendas. Depois de identificar um tema vencedor, aborde-o em vários formatos. Use-o em um vídeo do YouTube, publique blog posts sobre ele, compile os blog posts em um eBook, além de muitas outras possibilidades.

Há também diversas formas de conteúdo que não são tipicamente consideradas “conteúdo”, mas que são igualmente importantes. Elas incluem:

  • Cupons de desconto — Todos adoram um desconto. Use cupons de vez em quando em seu email marketing, em sua página de mídia social, ou em sites como o Groupon.
  • Concursos — Hospedar um concurso em seu blog é uma boa maneira de coletar endereços de e-mail. Como alternativa, você pode colocar um na rede social em que você quer ter seguidores. Quase todos adoram competição, mas não deixe de pesquisar opções de prêmios para oferecer algo que seu público-alvo adoraria ganhar.
  • Pesquisas — As pesquisas são uma boa maneira de conhecer seu público-alvo. Torne a sua fácil de preencher para incentivar o número máximo de respostas.

Teste regularmente os resultados para mensurar e melhorar o ROI

O Growth Marketing, como o Growth Hacking, valoriza a análise de dados. É preciso ter informações que você possa medir para ver se sua estratégia de Marketing está funcionando.

Ao mesmo tempo, você também tem que perceber que nem todas as ações de Marketing bem-sucedidas geram vendas e lucros imediatos.

Você precisará de ajuda profissional para testar os resultados e avaliar o que está funcionando e o que não está. Abordaremos isso abaixo ao discutir o Growth Marketing para empresas de vários tamanhos.

Como diferentes empresas podem usar o Growth Marketing?

O Growth Marketing parecerá diferente para os diversos tamanhos e tipos de empresas. Aqui, mostraremos como você pode utilizar essa estratégia em startups e negócios estabelecidos.

Como as startups podem usar o Growth Marketing?

Os novos empresários fariam bem em seguir as dicas citadas até aqui. O caminho deve ser identificar seu público-alvo, selecionar os canais certos e depois criar conteúdos que tragam clientes.

Se você não tiver dados para mostrar o que seu público-alvo deseja, há uma solução fácil para o problema: analise os dados do seu concorrente.

Verifique quais páginas eles rankeiam bem, quais plataformas eles usam e como eles se comunicam com clientes potenciais e atuais. Não as copie, mas colete ideias para dar o pontapé inicial em sua campanha de Marketing.

Além disso, você precisará de uma equipe que entenda como funciona o Growth Marketing e que seja capaz de utilizá-lo em seu potencial máximo.

Entretanto, isso não significa que você precisará contratar uma sala cheia de especialistas. Terceirize elementos de seu Growth Marketing, como:

  • criação de conteúdo;
  • marketing de mídia social;
  • análise de dados;
  • SEO.

A terceirização permite que você se concentre na comunicação pessoal com clientes atuais e potenciais. Ela também dá a você tempo para pensar na direção e estratégia geral do seu negócio.

Como as empresas estabelecidas podem usar o Growth Marketing?

As empresas estabelecidas que têm o orçamento para trazer os profissionais de Growth Marketing em tempo integral devem fazer isso. A seguir, apresentamos alguns membros inestimáveis da equipe que você pode querer ter a bordo.

Especialista em marcas

Um especialista em marcas ajuda a definir sua marca e garantir que seu nome e logotipo sejam facilmente reconhecíveis em um grande número de canais.

Equipe de criação de conteúdo

Uma equipe para criar conteúdo envolvente em uma ampla gama de plataformas.

Especialistas em aquisições

Especialistas em aquisições que sabem o que seu público está procurando e que podem trazer novos clientes regularmente.

Profissionais Socia Media

Profissionais Social Media estão familiarizados com as plataformas que você utiliza e podem criar conteúdo de áudio, vídeo, imagem e texto que trarão clientes.

Especialista em SEO

Um especialista em SEO ajudará a impulsionar e depois manter um alto posicionamento no Google e em outros motores de busca líderes.

Especialistas em atendimento ao cliente

Esses profissionais ajudarão a desenvolver o relacionamento com o cliente. Sua equipe de atendimento também será encarregada de lidar com questões de RP, tais como reviews negativos online ou reclamações sobre seus produtos e serviços.

Analistas de dados

Uma equipe de análise de dados ajuda a coletar dados continuamente, analisá-los e fazer recomendações com base no que as informações mostram.

CIO (Chief Information Officer)

Um CIO para determinar a direção geral de sua campanha de Marketing e garantir que tudo esteja funcionando sem problemas.

Como um negócio estabelecido, você já tem uma experiência inestimável para ajudá-lo a criar campanhas de marketing direcionadas e personalizadas. No entanto, isso não significa que você possa relaxar.

Muitas grandes corporações saíram do mercado porque não conseguiram acompanhar os tempos.

Analise regularmente seus dados e fique em contato com os clientes para manter-se a par das tendências de mercado que poderiam impactar seus negócios.

Lembre-se, Growth Marketing não é algo que você pode deixar no piloto automático. É um modo de vida.

Você gostaria de ver um crescimento comercial exponencial e a longo prazo? Se sim, o Growth Marketing é o seu melhor caminho para o sucesso.

Use as dicas acima como um trampolim para encontrar o que funciona melhor para sua empresa, faça parcerias com especialistas internos e externos, e aproveite o processo de tornar seus sonhos profissionais realidade.

 

 

Fonte: rockcontent.com